Reforma do design de interiores do Hotel Sofitel Brussels Le Louise

Hotel Sofitel Brussels Le Louise, Bélgica; projeto de Antoine Pinto; foto Sofit
Hotel Sofitel Brussels Le Louise, Bélgica; projeto de Antoine Pinto; foto Sofitel.


A parede gigante em padrão translúcido da superfície sólida DuPont™ Corian® faz do hotel de Bruxelas um local de peregrinação para os fãs de design

Quando o designer, arquiteto, artista e top chef português Antoine Pinto assume um novo projeto, ele dedica 200% da sua criatividade, conforme observado na reabertura do Hotel Sofitel Brussels Le Louise, um hotel cinco estrelas em Guldenvlieslaan, no elegante bairro de Louisa.

Este não foi um simples retoque superficial do interior do hotel, mas uma transformação arquitetónica completa. O gigante destaque dessa transformação engenhosa é uma parede translúcida "à jour" feita com a superfície sólida DuPont™ Corian®, que cria uma atmosfera exclusiva no átrio do hotel.  

Antoine Pinto vislumbrou um desafio considerável na renovação do Hotel Sofitel Brussels Le Louise.  Num contexto arquitetónico e técnico extremamente complicado, Antoine Pinto conseguiu ampliar visualmente a entrada estreita, o átrio e o Cristal Lounge adjacente, representando o status de cinco estrelas que esse hotel de classe superior definitivamente merece.

Majestosa parede rendada

Antoine Pinto, que nasceu na Bélgica, criou muitos projetos completos notáveis, incluindo La Quincaillerie e os restaurantes Belga Queen, em Bruxelas; Docks Café, na Antuérpia; e Ostend Queen, em Ostend. Ele conhece perfeitamente o negócio de catering e sabe exatamente como integrar os elementos necessários para transformar qualquer hotel ou restaurante num sucesso incondicional. Como um artista versátil e completo, Antoine Pinto usa a integração como o seu método primário. As suas transformações características envolvem todo o interior, incluindo a mobília, a decoração, os talheres e até os uniformes do seu staff.

Antoine Pinto: “Uma grande perceção e um conhecimento seguro dos materiais são necessários para realizar uma fórmula bem-sucedida como esta. “Eu conheço as propriedades da DuPont™ Corian® há algum tempo e utilizo-o como um material de superfície sólida e não porosa; mas, agora, tive que definir requisitos excecionalmente elevados ao aplicá-la no projeto Sofitel Brussels Le Louise.

“Eu baseei o conceito da parede magistral que domina o átrio do hotel num padrão medieval de renda de Bruxelas, que teve que ser esculpido "à jour" a partir da peça sólida de DuPont™ Corian®. Demorou algum tempo para encontrar uma empresa que pudesse esculpir esse complicado padrão decorativo e isso foi feito com o uso de tecnologia de jato d'água.

 “O resultado, que eu gosto de chamar de “alívio cultural”, é rico em simbolismo. Afinal, a renda de Bruxelas foi, por muito tempo, uma importante forma de trabalho para muitos dos habitantes da cidade. A iluminação indireta foi usada atrás da parede de 8 m que inclui um padrão ampliado de renda com DuPont™ Corian® translúcido. O efeito visual é notável: amplia a relativamente estreita, escura e fria entrada e o átrio de uma forma decorativa, envolvendo-os em luz e criando leveza”.

Contrastes compostos cuidadosamente

Antoine Pinto não seria ele próprio se não procurasse um efeito de contraste notável. As paredes de vidro do impressionante elevador que leva ao hall de entrada são banhadas por uma mistura de luzes nas cores ametista e azul, que emanam do impressionante lustre de cristal no alto do teto. A luz da “parede rendada” é refletida pelo misterioso violeta do lustre, criando uma interação única de luzes.

Essa mistura de ametista e azul repete-se no interior do bar e do restaurante Cristal Lounge. Antoine Pinto teve muito cuidado com o projeto da mobília, o que inclui mesas de madeira wengé com iluminação incorporada. Outras características que se destacam são as espantosas cadeiras “Coeur de Bruxelles”, do fabricante Belga Durlet.